segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Sobre um dito filme que dizem apresentar Jesus como gay

Na minha juventude, para evitarmos a gíria paneleiro, dizíamos invertido. Hoje, eu penso que este termo é felicíssimo... porque se adequa bem à realidade.
Também o filme, cujo nome - dizem - é Corpus Christi, se revelará uma inversão do Evangelho, mensagem fundadora de uma civilização que dá resposta à homossexualidade na ressurreição de Lázaro. Este amava Jesus de forma muito limitada. Ora ama Jesus quem ama a Palavra da Salvação. Com esta Jesus abana-o e fá-lo compreender que o amor que prega está infinitamente para lá do que sente por Ele o amigo. Lázaro doeu-se do abanão (a ressurreição) e virou costas a Jesus que disse: «... deixai-o ir» (Jo. 11, 44).

2 comentários:

  1. Pela palavra da salvação, ou seja, por tudo o que tinha dito ao povo e aos discípulos, Jesus Cristo derramou o seu sangue na cruz.
    Amar Jesus Cristo é amar a Palavra que pode dar pleno sentido à vida.

    ResponderEliminar
  2. Atacar Cristo é atacar a Humanidade e toda a Criação.

    ResponderEliminar