quarta-feira, 11 de novembro de 2015

A liberdade em Portugal corre perigo.

Eu queria dizer algo sobre a situação política no meu País, mas não sei bem por onde começar.
Bom!... Não vale a pena estar aqui a dizer coisas que toda a gente sabe, porque se o fizesse não adiantaria nada.
A mim o que me parece é que quem vai ganhar com isto tudo é o Partido Comunista Português. A este raposão o PS nada ensina.
A médio prazo, na cara luzidia do Costa vai rir às gargalhadas a cara engelhada do Jerónimo, um homem coerente com a linha do partido que dirige, independentemente do juízo que eu possa fazer do movimento comunista à escala mundial.
Os socialistas só farão o que quiserem os comunistas. Estes, para engrandecimento próprio, absorverão o trabalho daqueles e culpá-los-ão por todos os desaires do percurso governativo que será mais destrutivo que longo.
Dentro de um ano haverá eleições. O PS, muito abalado internamente, verá a dispersão de boa parte do seu eleitorado por outros grupos concorrentes à tomada do poder.
Sócrates é a génese de tudo isto. Seguro quis fazer a inversão de marcha, mas não teve força para isso. Assis é uma incógnita.
A liberdade em Portugal corre perigo. 

Sem comentários:

Enviar um comentário