terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Poema à negação

Frente à Igreja de todos
Homens alheios a tudo
Afanosos
Cumprem ordens do mundo imundo...
Levantam uma barraca
Insulto ao Templo
À Fé
Ao Deus-Menino


Sem comentários:

Enviar um comentário