sábado, 31 de agosto de 2013

Luís Franco é o primeiro responsável

No guia de eventos da Câmara Municipal de Alcochete, Set. 2013, pode ler-se o chamariz: «Os piores contos do mundo pelo pior contador de histórias do mundo».
Muito provavelmente, para um homem como o João Marafuga, serão mesmo "os piores contos do mundo [contados] pelo pior contador de histórias do mundo", mas convém reparar que o cabeçalho desconstrucionista do pequeníssimo e miserável texto que se lhe segue quer dizer, subliminarmente, o seguinte: os melhores contos do mundo pelo melhor contador de histórias do mundo.
Não sei quem é Rodolfo Castro nem nunca ouvi falar nele.
Depois segue-se o textinho num tamanho de letra que eu quase já não consigo ler.
Começo por declarar que nunca ouvi falar em humor branco nem sei o que seja...a menos que signifique o contrário, isto é, humor negro. Disto se tratará com toda a certeza.
Fala-se ainda da ironia. Que ironia? A da negação, ruína e pesadelo que todos os tresloucados modernismos nos oferecem?
Finalmente, fala-se de transgressão. Qual? A de valores do cristianismo, da tradição, da moral, da família?...
É por tudo isto que as pessoas vão pagar cinco euros ao Forum Cultural de Alcochete dirigido por um ex-aluno meu...por sinal medíocre, o José Luís Grilo?
Para além do Presidente da Câmara, Luís Franco, os outros dois responsáveis por toda esta imundície são Susana Custódio da Cultura e Paulo Machado da Educação.


1 comentário:

  1. Eu estou disposto a assumir todas as minhas responsabilidades seja onde for...seja perante quem for.

    ResponderEliminar