domingo, 16 de junho de 2013

Má candidata

Face a uma coisa, de duas opiniões é sempre possível ver qual a mais próxima da verdade, vale dizer, qual a mais adequada ao real.
Portanto, face a uma coisa, de duas ou mais opiniões uma delas é mais justa que todas as outras.
O PS local tem uma candidata que ninguém neste mundo ou fora dele me convence que esteja em consonância com o sentir do povo alcochetano.
Uns dizem que é boa candidata; outros que má. Destas opiniões qual é a mais justa?
É justo que eu seja um alcochetano há 63 anos, sempre interessado pelos assuntos da minha terra, e não saiba o que a candidata do PS às próximas eleições autárquicas fez alguma vez por Alcochete?
É justo que eu nunca tenha falado com tal pessoa, que não saiba quem é nem soubesse o nome que tem se não lesse jornais?
É justo que as coisas assim sejam numa terra onde todos se conhecem?
Não. Não é.
Então concluo que a pessoa que concorre à presidência da Câmara de Alcochete apoiada pelo PS é, em termos políticos, uma má candidata.
Esta é a minha opinião. Se for injusta, haja quem venha aqui e o demonstre.

Sem comentários:

Enviar um comentário